Yahoo exibe seu novo logo

O Yahoo enfim divulgou o seu novo logo após 30 dias mostrando umas versões meio bestas dele. O novo ainda é um pouco bobo, e as principais surpresas são o seu novo tom de roxo, uma ligeira serifa, e um estranho efeito arquitetônico de sombra. É um design mais tradicional e adulto – e aponta para como o Yahoo está mudando em uma escala maior.

O logo, uma variação tridimensional de uma fonte de 70 anos de idade chamada Optima, vai ser uma grande decepção para quem esperava uma grande reformulação da marca Yahoo. Mas uma mudança dramática provavelmente provocaria mais controvérsia do que o necessário. Historicamente, a internet não aceitou muito bem grandes mudanças de logo (exemplos: Tropicana e Gap). A CEO do Yahoo, Marissa Mayer – lutando bravamente para aumentar a lucratividade enquanto vendas de anúncios caem – é esperta ao manter o foco nos produtos e experiência de usuário do Yahoo em primeiro lugar.

Quando Mayer estava no Google, ela teve papel importante no desenvolvimento de um tipo de UX que coloca clareza visual e conceitual acima de branding. A página inicial do Google – na qual ela foi fundamental – é um grande exemplo disso: um logotipo, uma barra e dois botões. Esses elementos não mudaram em 15 anos, apesar da forma como usamos o Google mudou bastante desde então. E, de certa forma, o novo logo do Yahoo tenta reproduzir os sucessos do Google; ambos os logos compartilham fontes tradicionais, sombras e bordas texturizadas.

O novo logo foi criado por uma equipe interna do Yahoo, e é baseado em uma fonte criada por Hermann Zapf em meados dos anos 1950 chamada Optima. A equipe de design adicionou um pouco de profundidade a ela, através de sombras e de uma linha que corre no meio de cada letra. O resultado é um logo meio tridimensional e emparelhado com uma nova tonalidade ofuscante de roxo, e claramente foi projetado para se destacar em telas móveis.

O logo não se destaca do ponto de vista do design, e isso ilustra como logos em si estão cada vez menos importantes (ou, como Jonathan Salem Baskin da Forbes disse, eles não importam mais). Nos tempos pré-internet, o logo de uma marca era uma ferramenta importante, uma peça de infraestrutura que tinha um papel funcional concreto: Onde está o McDonalds? Isso é uma Coca-Cola? Esse não é o caso na internet: o logo é apenas uma parte da estrutura de uma página densa em informação, cujo conteúdo está sempre mudando. Apenas a informação semântica – o nome da empresa – importa quando você “escolhe” ela ao digitar o endereço na barra de URL.

Então o novo logo, para o Yahoo, é mais um sinal de mudança de guarda do que uma solução para os problemas da empresa. Se queremos ter uma ideia de como o Yahoo está mudando, é melhor nos concentrar em ver como o site funciona.

Além disso: o Yahoo é conhecido por modificar seu logotipo sem aviso prévio, muitas vezes com base em testes de usuários. Se tivermos sorte, o efeito 3D estranho vai desaparecer silenciosamente nos próximos meses.

Fonte: Gizmodo