Pesquisa: investimento em content marketing será modesto em 2015

Apesar de ser um dos temas mais quentes no mercado, o content marketing ainda parece não ter convencido os bolsos dos profissionais. É o que aponta pesquisa recente da Contently, que aponta que 52% dos marqueteiros destinarão um quarto ou menos do investimento para conteúdo.

Dos 601 representantes de empresas ouvidos pela pesquisa, 34% dizem que o principal entrave para o investimento em content marketing é a falta de budget. A segunda justificativa, citada por 22% dos participantes, cita a incapacidade de mensurar resultados de negócios, enquanto 11% alegam falta de tempo.

Mais da metade dos profissionais (69%) preferem conteúdo original – produzidos pela própria empresa ou pelas agências – em vez de conteúdo licenciado, que pode ser um artigo editorial criado por um veículo de mídia e reutilizado em um site de marca.

Apesar dos resultados apresentados pelo relatório da Contently, o content marketing deve crescer em 2015. Segundo o eMarketer, anunciantes gastarão US$ 4,3 bilhões com publicidade nativa no próximo ano, um salto de 34% em relação a este ano. Em 2018, a previsão é de que o segmento atinja US$ 8,8 bilhões.

De acordo com a Contently, 23% dos participantes do estudo já destinam metade do investimento total em produção de conteúdo.

Marcas presentes no ranking Fortune 500 investem, em média, entre 26% e 50% do budget em conteúdo, afirma a Contently. A maioria dos profissionais (57%), declaram ter duas ou mais pessoas na empresa responsáveis pelo conteúdo.

Fonte: Proxxima