DJI lança drones de até R$ 43 mil em feira de tecnologia em SP

A fabricante DJI lança nesta semana drones que custam até 43 mil reais no Brasil. A apresentação oficial dos produtos foi feita na feira de tecnologia Fitic, cuja primeira edição é realizada em São Paulo nesta semana.

Os modelos mais acessíveis são chamados Mavic Pro e Phantom 4 Pro. Os aparelhos têm sensores que ajudam o usuário a pilotar sem bater em nada. Mesmo quem não tem muita intimidade com drones pode ativar comandos que fazendo o gadget decolar e pousar automaticamente.

Ambos os produtos são voltados para filmagens. O Mavic Pro tem câmera com estabilização que grava com resolução 4K com 30 quadros por segundo, enquanto o Phantom 4 Pro capta cenas em 4K com 60 quadros por segundo, dando mais suavidade aos movimentos filmados.

Este último aparelho também tem obturador e foco mecânico, como uma câmera profissional. Outra novidade desse aparelho é que ele tem sensores que evitam colisões em todos os seus lados, tornando o voo mais automático do que no seu antecessor, o Phantom 4.

Pequeno e portátil, o Mavic Pro tem uma tecnologia interessante para quem grava vídeos para o YouTube ou trabalha com produção audiovisual. Ele pode seguir o usuário automaticamente enquanto grava um vídeo. O foco fica travado na pessoa e o drone faz a estabilização da imagem por conta própria.

Esse gadget atinge velocidade máxima de 65 kmh e tem alcance médio de 5 km de distância do operador. Já o Phantom 4 Pro é mais veloz, chegando a 74 kmh. A autonomia de voo dos produtos é de cerca de 30 minutos.

Os aparelhos estão à venda oficialmente na DroneStore por preços a partir de 6.650 reais e 9.974 reais, respectivamente.

O terceiro drone lançado na Fitic 2016 se chama Matrice 600. Esse aparelho também funciona como um equipamento de filmagem voador, mas tem o diferencial de poder carregar câmeras profissionais, como a Red Epic e lentes prime. A versão completa do DJI Matrice 600 custa 43 mil reais.

Fonte: Exame